Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caderno Diário

Caderno Diário

12
Abr19

"Pensamentos de Paulo Coelho"

Elsa Filipe

Este blog é um pouco sobre mim e sobre os meus gostos e um deles é a leitura. 

Uma das coisas que fiz em ioutros blogs foi tentar registar a minha opinião sobre os livros que ia lendo e por isso fiquei com muito material por publicar. Como acho que todos os livros são importantes testemunhos deixados pelos seus autores, achei que faria sentido falar sobre alguns livros que a mim me trouxeram emoções fortes, fossem alegrias, raiva ou tristeza, nas páginas de um livro descarrego também eu as minhas emoções.

Hoje deixo-vos aqui uma dos livros que foi importante durante o meu ano de 2012. Este e outro foram nesse ano a minha companhia em muitas horas de vigilância.

 

Pensamentos de Paulo Coelho
 
Uma coletânea de pensamentos do autor, condensados por Maria Nalú e editado em 2006, que engloba frases de livros como "Brida", "O Diário de Um Mago", "O Monte Cinco", "Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei", "As Valquírias" ou "O alquimista". Aqui fica um desses pensamentos:
 
Amor:
 
"Ninguém pode possuir um nascer do Sol. Ninguém pode possuir uma tarde com a chuva batendo na vidraça, ou a serenidade que uma criança dormindo espalha ao seu redor, ou o momento mágico das ondas quebrando nas rochas. Ninguém pode possuir o que existe de mais belo na Terra - mas podemos conhecer e amar."(Paulo Coelho)
20
Set18

"Desonrada"

Elsa Filipe

Lido no final de 2012, um livro da escritora Sofia Hayat: "Desonrada", é uma história contada na primeira pessoa.

Uma menina diferente dos outros pelas suas origens culturais, pela pele mais escura e pelo seu nariz que a faz ser gozada por todos e alvo de bullying nas escolas que frequenta. Em casa, as regras culturais demasiado rígidas, os casos do pai com outras mulheres debaixo do nariz da mãe e uma tentativa de violação a que é sujeita pelo tio que a faz ser castigada por contar e manchar assim o nome e a honra da família, fazem-na começar a auto-mutilar-se afastando assim de si a dor emocional através da dor física intencional que a si mesma tenta provocar.

Sofia acaba por despertar para a vida e começa realmente a tentar lutar pela sua felicidade, contra a vontade dos pais e da família e correndo risco de vida. "Desonrada" é uma história marcante, atual e comovente, que retrata ma sociedade em que é agora que as mulheres estão a tentar fazer-se ouvir, como seres de direitos. Sofia é uma dessas mulheres lutadoras, jovem, aclamada por uns e odiada por outros, que passa de uma infância complicada a uma vida de estrela.

Um dos aspetos que me cativou nesta história, foi a presença de dois mundos em colisão num mesmo cenário. Enquanto Sofia cresce em Inglaterra, num país livre, a sua cultura tenta obrigá-la a casar muito nova numa união arranjada pelos pais de ambos os futuros noivos, num país totalmente desconhecido para ela, há um outro mundo em contraste, onde se encontram os meios e oportunidades que Sofia podia apreciar nos seus colegas de escola. Este contraste torna-se progressivamente mais evidente para culminar num ponto de ruptura com o passado no momento em que a própria mãe de Sofia contrata um assassino.

17
Jul18

"Incertezas do coração"

Elsa Filipe

Um livro de Maggie O' Farrel que nos conta uma história de amor.

"Lily dá um passo em frente. Ele parece diferente sob esta luz. A sua camisa, com um padrão agitado, está enrolada nas mangas, uma mais para cima do que a outra, o que lhe permite observar a linha do bronzeado dele."

No momento em que conhece Marcus, na abertura de uma galeria, Lily sente-se de imediato atraída por ele, como só o magnetismo das grandes paixões pode provocar. Correspondida no sentimento, Marcus convida Lily a visitar o seu luxuoso apartamento e logo num primeiro momento a dúvida instala-se: outra mulher, uma ex-namorada deixou marcas da sua passagem em toda a casa.

Inquieta, Lily acaba por ficar enredada nas teias do passado, transformando as suas reservas numa louca obsessão.

08
Jul18

"O pacto"

Elsa Filipe

Um livro de Jodi Picoult.

A história é sobre duas famílias, que se conhecem há dezoito anos e partilham tudo. Os filhos Chris e Emily são almas gémeas desde que nasceram e por isso ninguém estarnha que começassem cedo a namorar.

Mas num momento aterrador, os Harte e os Gold vão enfrentar o maior medo de um pai: será que conhecemos verdadeiramente os nossos filhos?

Um romance que nos prende.

02
Jul18

"Nome de código: Leoparda"

Elsa Filipe

Do aclamado mestre da ficção e do suspense: Ken Follett.

A história passa-se em plena guerra mundial. Em Maio de 1944, duas semanas ante do dia D, a Resistência Francesa empreendeu um ataque falhado a um castelo que albergava ma central telefónica alemã. Felicity Clairet é uma jovem agente britânica que vai levar a cabo um plano fora do normal: conduzir um grupo de mulheres até França e destruirem a central telefónica.

Uma hitória de suspense do primeiro ao último momento, com um enredo avassalador e supreendente.

25
Jun18

"Depois de tu partires"

Elsa Filipe

"Depois de tu partires" de Maggie O'Farrel, é um daqueles livros que terminamos e ficamos com a ideia de que faltam páginas!  Queremos saber mais.

Lançaram-me um desafio como leitora de juntar as pontas cortadas e emaranhadas de um novelo, mas faltavam partes do novelo, e não consegui terminar a minha tarefa. 

Gostei bastante do enredo e da sua complexidade, brilhantemente construído e com uma impressionante densidade tanto psicológica cmo emocional. No íntimo de cada família, há segredos que se escondem pelos véus do tempo. No caso de Alice, esses véus vão sendo levantados numa dança entre o passado e o presente, enqunato esta está em coma após uma (aparente) tentativa de suicídio.

Sobre a autora:

Maggie O'Farrel nasceu na Irlanda do Norte e é atualmente colaboradora de diversas revistas e jornais dedicando o seu tempo também à escrita de romances.

 

 

21
Jun18

"A torre do Inferno"

Elsa Filipe
Um livro de Richard M. Stern, com o nome original: "Torre de vidro".

 

Esta é a história do drama de um grupo de pessoas influentes convidado a participar da inauguração de um arranha-céus: a Torre, considerado o edifício mais alto do mundo com 125 andares. Após um defeito num dos sistemas de segurança, deflagra um incêndio que vai se alastrando, deixando completamente isolados no último piso todos os convidados ilustres.

 

Enquanto isso, um corajoso bombeiro e o arquiteto que projetou a Torre unem-se – apesar das divergências – para tentar salvar as pessoas que estão presas no topo do edifício cercadas pelas chamas.

 

Já tinha visto o filme em 2000 na minha entrada para o curso de bombeiro de 3ª, mas a leitura do livro é completamente diferente. É um livro envolvente, que mexeu bastante nas minhas emoções. A escrita de Stern faz-nos sentir como se lá estivéssemos também dentro da Torre.
20
Jun18

"As raparigas do Rosário"

Elsa Filipe

" As raparigas do Rosário" é um livro de Richard Montanari, uma das vozes mais poderosas e de maior talento da atualidade dá vida a um thriller moderno de grande pujança baseado numa ideia de vingança e revolta.

Chase, motorista de ambulâncias fica traumatizado desde o dia em que perdeu a filha por não ter chegado a tempo ao hospital não conseguindo evitar que a sua mulher abortasse no caminho. A partir daí, a sua sede de castigar jovens que planeiam suicidar-se assume contornos assassinos sendo o seu alvo raparigas pertencentes a colégios católicos. As execuções obedecem a um ritual meticulosamente planeado: primeiro a fase da oração e em seguida a tortura e execução, sendo as mãos das escolhidas aparafusadas em oração eterna segurando um rosário a que falta um número diferente de contas em cada crime.

Antes que o ciclo fique completo, torna-se urgente identificar e capturar o assassino que está a assombrar Filadélfia. Um thriller de elevado suspense e acção que mantém o leitor a desconfiar de várias personagens.

Uma história marcante, em que Chase é a última pessoa de que vão suspeitar. A mente humana é um território adverso e misterioso, e o que parece nem sempre o é. Um livro de leitura fácil, mas ao mesmo tempo tentadoramente enganador na sua simpliciddae. Richard é sem dúvida um escritor fabuloso. Adorei.

17
Mai18

"O negociador"

Elsa Filipe

Hoje venho falar um pouco da coleção de livros da Reader's Digest. Esta coleção, deu-me a oportunidade de ler vários livros e conhecer muitos escritores. Em cada livro estão quatro histórias diferentes.Para quem quer ter uma biblioteca com os melhores autores internacionais esta é uma boa forma de o conseguir. Eu compro os meus em feiras de antiguidades e velharias (custam-me 1 ou 2 euros cada volume).

Hoje irei falar de "O negociador" de Frederick Forsyth que li em 2012 e que gostei bastante.

O livro começa com um sonho que se repete noite após noite, em que a troca de uma refém por dinheiro corre mal e a menina, cai nos seus braços e acaba por morrer, sem que ele tenha podido fazer alguma coisa. A história passa-se nos dias anteriores ao colapso da União Soviética e tem como temática central a possível falta de petróleo devido ao uso cada vez maior e de um eventual desarmamento das potências.

A história gira em torno do assassinato do filho do presidente dos Estados Unidos, como uma maneira de forçá-lo a renunciar ao cargo, já que ele articulava um tratado de desarmamento com a União Soviética. 

Envolvente, mas com muitos saltos entre locais e momentos da ação, que se vão percebendo bem pela construção do texto.

 

20
Abr18

"A terra pura"

Elsa Filipe
Alan Space, foi um dos escritores que descobri em 2012, ano que as minhas idas à biblioteca do Seixal, foram várias.

 

Um livro de leitura compulsiva. Quando comecei, nas primeiras páginas pensei que seria daqueles romances que começam bem e depois desiteressam - completamente enganada! Recomendo a quem gosta de descobrir novos escritores que tente este livro.

 

É um romance absorvente onde dois mundos distantes e antagónicos se cruzam - o Oriente e o Ocidente - através do protagonista Thomas Glover que em 1858 deixa a sua terra natal para ir trabalhar para Nagasáqui. Numa sociedade feudal, fechada a qualquer contato com o exterior, Glover consegue adaptar-se e começa rapidamente a destacar-se e a prosperar.

 

É um romence histórico, baseado na vida de Thomas blake Glover, um escocês que se muda para o Japão em 1859 e que tem um papel determinante no desenvolvimenta da região onde se instala. Neste romance podemos seguir de uma forma especial o caminho percorrido por Glover, um pouco como se seguissemos a sua própria biografia. Ele saiu ainda jovem de Aberdeen, Escócia, para trabalhar no Japão na empresa Jardine Matheson como comprador de chá verde. Logo abriu a sua própria empresa, comprando, secando e exportando chá para o exterior. Depois investiu em tráfico de ópio, e no câmbio e importação de itens diversos.

 

Foi da sua responsabilidade a construção da primeira linha de caminhos de ferro do Japão e a inauguração da primeira locomotiva. Onde obteve o seu maior sucesso, foi de facto quando começou a vender armas, canhões e navios, primeiro para o Shogum (que mandava no Japão naquela época) e depois para os clãs rebeldes, principalmente os Satsuma, Chosu e Tosa, que apoiavam a volta do governo imperial e uma maior abertura do Japão ao ocidente.

 

Como estes clãs eram compostos por samurais e não se misturavam com os estrangeiros, foi o primeiro casamento de Glover com Sono, do clã Satsuma, que acabou ajudando na sua aproximação comercial.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub