Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caderno Diário

Escrever é algo que me apraz. Ante a minha vontade de criar, muitas vezes me falta tempo. Aqui passo da vontade à prática. Este é um caderno onde escrevo sobre a minha vida pessoal e temas da atualidade que me fazem refletir.

Caderno Diário

Escrever é algo que me apraz. Ante a minha vontade de criar, muitas vezes me falta tempo. Aqui passo da vontade à prática. Este é um caderno onde escrevo sobre a minha vida pessoal e temas da atualidade que me fazem refletir.

28
Fev22

Que motivos...

... podem existir para um país atacar outro?

Penso no tempo das cruzadas, nas descobertas de novas terras, da expansão marítima de que nos fala a história. Afinal pouco evoluímos! Seremos assim tão ávidos de terra nova? Precisaremos de terras para cultivar, área para construir?

Não será muito diferente embora possamos pensar que evoluímos um pouco, é a ganância que motiva cada ataque, cada invasão.

A Ucrânia é rica na produção de milho, batata, mas não é atrás de legumes nem grão que a Rússia está! É dos depósitos de gás, do Urânio e, claro, da grande capacidade em energia nuclear.

As centrais, essas, já ali deram que falar (e ainda preocupam) mas agora estamos em pé diferente: agora passam mísseis a  razar as infraestruturas. Se algum arranhar sequer um desses tanques, o resultado será inimaginável. Ainda não as quiseram rebentar por razões óbvias, seria cometer suicídio também, poluindo as terras e a atmosfera de ambos os países por muitos e muitos anos, atingindo outros países ao redor numa extensão que não poderemos imaginar!

Não rezo porque não acredito. Acredito na humanidade, ainda consigo acreditar que as pessoas se podem juntar e lutar, que podem chegar a um compromisso, a um entendimento e, que alguém mais corajoso, consegue derrubar o regime russo e não deixar que estenda as suas garras até nós, que nos designamos europeus!