Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Caderno Diário

Gosto de escrever e aqui partilho um pouco de mim... mas não só. Gosto de factos históricos, políticos e de escrever sobre a sociedade em geral. O mundo tem de ser visto com olhar crítico e sem tabús!

Caderno Diário

Ambulância usada em ataque causa mais de 100 mortos

O uso de uma ambulância armadilhada em Cabul foi a forma de cometer um dos maiores massacres feitos pelo grupo Talibã, tendo causado, pelo menos 103 mortos e 235 feridos.

O alvo exato dos terroristas ainda não está claro. A explosão, deu-se num dos bairros centrais de Cabul, próximo do Ministério do Interior, da sede da polícia e da delegação da União Europeia (UE) na capital afegã. Vários departamentos do ministério ainda funcionam na antiga sede, que fica perto de um escritório dos Diretório Nacional de Segurança, a principal agência de inteligência do Afeganistão.

A região onde aconteceu o atentado está repleta de lojas e mercados, que estavam lotados.

O bombista suicida utilizou uma ambulância para passar as primeiras barreiras de segurança, indicando que levava um paciente para o hospital Jamuriate, nas proximidades.

Na segunda barreira, ao ser identificado, detonou a carga explosiva que levava a bordo da viatura. Este homem, foi considerado um mártir pelo porta-voz do grupo Talibã. Testemunhas indicam um mar de sangue e de destroços, com o número de vítimas a ultrapassar já a capacidade dos hospitais.

A utilização de uma ambulância em atentados é um dos cenários mais temidos pela segurança que têm por costume verificar todas as ambulâncias de forma exaustiva nos postos de controlo, com o interior vasculhado enquanto o condutor é obrigado a sair da viatura.

Os ataques têm sido muito comuns nos últimos dias e o número de mortos e de feridos bastante elevado. No último fim de semana, 20 pessoas morreram no Hotel Intercontinental de Cabul durante um ataque realizado por seis terroristas. 

Esta quarta-feira, um ataque do reinvindicado pelo Estado Islâmico contra a sede da ONG Save the Children em Jalalabad, no leste do país, provocou a morte de quatro funcionários da organização, um civil e um membro das forças de segurança que estavam no local.

Fontes:

https://visao.pt/atualidade/mundo/2018-01-27-ambulancia-mata-103-pessoas-em-massacre-em-cabul/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=ambulancia-mata-103-pessoas-em-massacre-em-cabul

https://www.terra.com.br/noticias/atentado-mata-mais-de-100-em-cabul,8b0af9dc3dbc1047bc5e180ca5030e6e0zju9byf.html