Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caderno Diário

Escrever é algo que me apraz. Ante a minha vontade de criar, muitas vezes me falta tempo. Aqui passo da vontade à prática. Este é um caderno onde escrevo sobre a minha vida pessoal e temas da atualidade que me fazem refletir.

Caderno Diário

Escrever é algo que me apraz. Ante a minha vontade de criar, muitas vezes me falta tempo. Aqui passo da vontade à prática. Este é um caderno onde escrevo sobre a minha vida pessoal e temas da atualidade que me fazem refletir.

Morreu o Papa Bento XVI

O Vaticano veio hoje a público anunciar a morte do papa emérito Bento XVI. Joseph Ratzinger tinha 95 anos e foi Papa entre 2005 e 2013, ano em que renunciou por problemas de saúde.

Pelo que se sabe, será a primeira vez na história milenar da Igreja Católica, que um papa em funções enterrará outro papa. O corpo de Bento XVI ficará exposto a partir desta segunda-feira na Basílica de São Pedro para receber o último adeus dos fiéis.

Também tinha sido a primeira vez em 600 anos que um papa tinha renunciado ao seu pontificado. E assim, a Igreja não tinha protocolos em vigor para esta situação. Diz-se que Bento XVI terá mostrado a sua vontade em ser sepultado no túmulo onde esteve João Paulo II.

Papa Bento XVI foi o 265º papa da Igreja Católica Romana. Chamado originalmente Joseph Aloisius Ratzinger, nasceu em 16 de abril de 1927, na Alemanha.

"Após a morte do Papa João Paulo II, em 2005, o cardeal foi eleito o novo papa da Igreja. Dessa forma, a partir do dia 19 de abril de 2005, assumiu o nome de Bento XVI.

No início de seu pontificado, enfatizou a missão do papa enquanto pastor da Igreja Católica e pescador dos homens. Ainda em 2005, foi para a Alemanha, onde realizou uma missa para um milhão de pessoas durante a 20ª Jornada Mundial da Juventude.

No ano seguinte, viajou para a Polónia, onde visitou o campo de concentração de Auschwitz. O papa rezou diante de 22 lápides em homenagem às vítimas da Alemanha nazi.

Papa emérito teve um papel importante na organização dos ministérios da igreja, tanto durante o período em que exerceu o cargo de Papa, mas também durante o pontificado de João Paulo II, onde segundo alguns historiadores, ele terá sido mesmo "a cabeça teológica e pensante" do então pontífice.

VATICAN-POPE-LAST AUDIENCE

Independentemente das crenças de cada um, perde-se uma personalidade que sem dúvida terá marcado o século XXI, e que será relembrado. Daqui a alguns anos talvez se venham a saber outras coisas agora resguardadas entre portas (adoraria que fosse ainda durante a minha vida) pois de certo muito se calou a este homem, como se cala agora ao atual.

 

 

Fontes:

https://observador.pt/2022/12/31/morreu-bento-xvi-uma-decada-depois-da-renuncia-foi-o-primeiro-papa-da-historia-moderna-a-resignar/

https://expresso.pt/sociedade/2022-12-31-Morreu-o-Papa-emerito-Bento-XVI-90beaa7d

https://brasilescola.uol.com.br/biografia/papa-bento-xvi.htm#Anos+de+Bento+XVI+como+papa

 

 

 

Linda de Suza

Nascida a  22 de Fevereiro de 1948, com o nome Teolinda Joaquina de Sousa Lança na localidade de Beringel em Beja, Linda de Suza emigrou em 1970 para França em busca de uma vida melhor e com mais liberdade pelo que se percebe na história que conta no seu livro "A mala de cartão" (1984).

No seu livro, diz ter fugido de Portugal, por não sentir aceitação, era então considerado errado uma mulher ter filhos sendo solteira, revelando o que se passava num país com um regime fechado e de uma familia com ideias retrógadas e tirânicas. O livro teve bastante sucesso na altura teno sido vendidos cerca de dois milhões de exemplares.

Em 1988, a cantora que fazia de França a sua casa e que animava os emigrantes saudosos de Portugal, viu a sua história ser adaptada à televisão numa minissérie intitulada "Mala de Cartão".

Linda de Suza estreou-se como cantora num restaurante localizado em Saint-Odein, a norte de Paris, chamado Chez Loisette, onde foi descoberta pelo compositor André Pascal (1932-2001) que a apresentou, posteriormente, ao compositor Alex Alstone (1903-1982). Pouco tempo depois, a cantora teve a sua primeira apresentação na televisão, entrando no programa Rendez-Vous du Dimanche, de Michel Drucker, onde interpretou a canção Un Portugais (Vine Buggy/Alex Alstone), cujas vendas do ‘single’ atingiram em França, o cobiçado Disco de Platina. Corria 1979.

Com uma vida difícil, tal como a de todos os emigrantes que fizeram a sua vida longe de casa, procurando manter as suas raízes, Linda de Suza passou por contratempos pessoais que foram muito badaladas nos media: no ano de 2010, tornou públicas as suas dificuldades financeiras, acusando o companheiro de lhe roubar a identidade; nessa alturou, afirmou viver com dificuldades, ganhando apenas cerca de 400 euros por mês. No entanto, conseguiu voltar aos palcos atéfazer algumas digressões entre 2014 e 2017.

Em 2020, apresentou um novo projeto, "Postais de Portugal", com o qual preparava nova digressão que a pandemia de covid-19 obrigou a cancelar.

Nessa altura, em 2020, Linda de Suza tinha sido internada de urgência, com covid-19, tendo ficado com sequelas da doença. Entretanto, em setembro passado, a artista voltou a ser hospitalizada em estado grave, tendo a equipa médica, na altura, considerado que havia "escassas hipóteses de recuperação".
 

Linda morreu hoje com 74 anos. Estava internada em Gisors, França, com diagnóstico de insuficiência respiratória, provocada por Covid 19. 

 

Fontes:

https://pt.euronews.com/2022/12/28/linda-de-suza-morre-aos-74-anos-o-duro-percurso-da-mala-de-cartao

https://www.rtp.pt/noticias/cultura/aos-74-anos-morreu-linda-de-suza_n1456381

Pág. 1/5