Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Caderno Diário

Escrever é algo que me apraz. Ante a minha vontade de criar, muitas vezes me falta tempo. Aqui passo da vontade à prática. Este é um caderno onde escrevo sobre a minha vida pessoal e temas da atualidade que me fazem refletir.

Caderno Diário

Escrever é algo que me apraz. Ante a minha vontade de criar, muitas vezes me falta tempo. Aqui passo da vontade à prática. Este é um caderno onde escrevo sobre a minha vida pessoal e temas da atualidade que me fazem refletir.

Ciclos

Ao longo dos séculos, os ciclos vão-se repetindo.

Acho que estamos a viver mais um ciclo de seca, com consequências que podem vir a ser drásticas para a agricultura, para a pecuária, para a produção de energia, para a nossa economia, e consequentemente, para a nossa vida.

Em todos estes aspetos, a descida dos níveis de água nas nossas barragens preocupa-me. A chva não chegou quando devia e não me parece que esta prestes a chegar. E se vier, a partir de dada altura trará mais problemas do que soluções.

Janeiro, não é mês de incêndios florestais. Não nos podemos esquecer que a maioria dos bombeiros vive (ainda) de equipas sazonais que estão previstas só para o mês de Maio, e embora consigam solucionar as ocorrências que vão surgindo fora de época, não é suposto que estas estejam nestes níveis em Janeiro.

Também nos devemos recordar que a população rural depende dos rios e das albufeiras. Que as rações são recursos caros que são usados quando faltam os pastos para o gado.

O turismo, em especial o que vive das albufeiras e praias fluviais, onde grandes investimentos foram feitos nos últimos anos, está em causa! 

E os ciclos fazem-nos pensar que ainda estão para vir diversas complicações que não estamos de momento assim tão cientes. Temos de estar atentos, porque devemos aprender com os erros do passado.

A nossa Língua

Mundo fora, a língua portuguesa venceu barreiras geográficas e culturais, espalhando-se, evoluindo, crescendo e enriquecendo.

Todos os dias, trabalho com pessoas que falam as várias variantes do português.

O português do Brasil, ou português ultramarino, é sem sombra de duvida o mais falado, muito mais que o seu original de Portugal. Na verdade, é esta a variedade ensinada em muitas escolas para estudantes estrangeiros de língua portuguesa, sobretudo no Japão, na América Latina e nos Estados Unidos. Além deste fator, existem também grandes comunidades brasileiras, em particular nos Estados Unidos, na Alemanha, Reino Unido, França, Espanha e claro, em Portugal.

Esta é uma língua extremamente rica uma vez que nasceu da união das variadas línguas indígenas faladas em todo o território. Pedro Álvares Cabral, ao chegar ao Brasil levou o Português que ao longo dos muitos anos foi incorporando termos e ajustes do Tupi, e claro das línguas africanas, provenientes dos escravos levados para trabalhar nas casas senhoriais e nas terras. O quimbundo, o Umbundo, o Quicondo, foram então juntando-se não só ao Português, mas também ao Francês, ao Castelhano, Inglês e Italiano, nas vagas comerciais, exploratórias e colonizadoras.

Hoje, não podemos estranhar que crianças portuguesas usem termos do Português do Brasil, com a mesma facilidade com que usamos os termos do Inglês dos EUA que nos entra diariamente em casa, pelas várias plataformas. Sim podemos misturar, sabendo sim o que significam, o que querem dizer e qual a intenção do uso de cada palavra, para não cairmos em grosseirismos. 

Na escrita, a Língua tem de se adequar tal como na oralidade ao contexto, mais formal se assim tiver razão de ser, mais eloquente ou mais expressivo! 

Propositadamente, aqui escrevi as Línguas com maíusculas, pois cada uma delas entendo como tão grande que não poderia nunca ser um termo comum, mas sim próprio de cada nação falante. 

Dedicar

Este meu post vem com uma mensagem de força para todos aqueles que neste novo ano, querem melhorar a sua vida, continuar trabalhando e lutando. 

Temos de ser persistentes, de dedicar o nosso esforço em objetivos específicos. A motivação é importante, mas eu acho que tem mesmo de vir de dentro de nós. Posso ouvir mil vezes me dizerem que sou capaz, mas se eu não acreditar que isso é verdade, eu nunca me vou esforçar o suficiente para conseguir!

Mais sobre mim

imagem de perfil

Calendário

Janeiro 2022

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Posts mais comentados

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub